Soneto da Classificação

Classe 1, classe 100, classes…
O que eu quero é aparecer.
Surjo em meio à linguagem natural
Transformo-me em algo documental

Muitos me conhecem
como pré-coordenados,
outros de facetados
e até pós-coordenados

No dorso do livro,
sinto-me “o cara”,
uma grande jóia rara.

No sistema de informação,
comigo ninguém pode.
Sou bússola para recuperação.

Mário Gaudêncio (Mossoró, 12 dez. 2008).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s