Botando gás na lamparina

A terra do piqui e do sertanejo
envolveu a companheirada
protegidos por Aparecida
Santa Imaculada.

Via-se Ludimila na logística,
o Redelson com preocupação,
Hugo nos acolhendo
e Aline na gravação.

Os jovens que nos receberam
são arretados por natureza
trabalharão muito
pra que a comissão imagina-se ser a própria realeza.

Por dias produzimos,
nos bastidores refletimos,
por necessidade decidimos,
neste ambiente encaminhamos.

Com maturidade
de uma maioridade juvenil
mapeamos a pastoral no Brasil.
Resultado: um bonito sorriso cor de anil.

A secretaria ganhou Ludimila e Givanildo
um casal que “ispia”
cenário de crescimento
pois a PJMP sempre contagia.

Pra comemorar 30 anos,
iremos a Bom Jesus da Lapa (BA),
continuar mostrando ternura e resistência
até a última consequência.

Silvano e Redelson
serão elo de ligação (local/nacional).
O NE3, Cláudia, Regina e Raquel,
serão os fermentos de motivação.

Todo o Brasil precisa animar-se
a PJMP mais uma vez
dar respostas de vivacidade
e estará presente por toda eternidade.

Todos os regionais
já podem se organizar
daqui a um ano
tem congresso pra celebrar.

Neste processo de fortalecimento
o congresso será uma revolução no seu perfil.
Ainda faremos nossa Assembléia
e uma romaria pra 30 mil.

Outros fatos importantes
também norteiam a caminhada 2008/2009:
Os 100 anos de Dom Hélder será inspiração,
e discutir a Vida com a CF uma satisfação.

Com o DNO lançaremos o congresso
espiritualidade e mística no meio popular
rezar pela pastoral
e lembrar que as eleições é preciso fiscalizar.

Os próximos meses serão intensos.
Há muitas tarefas.
É momento de unir as forças,
de ser fermento junto as massas.

Nós somos muitos,
grandes e fortes.
Uma pastoral ousada e carinhosa
libertadora e cativante.

Aos/as jovens da periferia,
arruados e vielas,
ousemos e cativemos!
Apaixonemos e Amemos!

PJMP, 30 anos
em defesa da vida,
pelos direitos humanos,
de mística e espiritualidade,
de ternura e aconchego,
de fé e política,
de luta e resistência.

PJMP, até que morte carnal,me separe de você.
Pois o céu é o limite
para continuaemos sonhando, lutando e acreditando
por um mundo mais equilibrado.

Mário Gaudêncio (29 de janeiro de 2008).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s