Cidade e sobrevivência

De longe vejo,
não são miragens,
nem naves espaciais,
são jumentos de carga
que carregam em seus “franzinos” lombos
garrafas recicláveis
apoiadas sobre carroças,
além de meia dezena de pessoas,
de uma única família.

Eles estão vindo,
numa rua, num lugar,
onde isso não é mais cenário
de um jumento caminhar,
quanto mais dois… o campo virou cidade!.

E agora, quem sustenta isso?
E quem nisso se sustenta?

Eles continuam vindo,
um no flanco direito,
outro no esquerdo.
A rua passa-se a fechar
e os passageiros a gritar.

Garrafeiro…!
Aqui se compra garrafa…!
Estou a esperar…!
Vamos lá…!
Vamos chegando…!

Mas, nada do povo chegar!
mesmo assim,
todos continuavam a trabalhar,
é um tempo difícil,
ruir até de contar,
pouco se tem a fazer,
emprego ninguém quer dar.
Por esses lados de cá,
nem terra há,
pra poder colher e plantar.

Num dado instante,
entre gritos, andanças e rouquidão,
começa chover,
também é mês de junho,
os Santos são fortes.
Pena que a sorte que vem do céu
para os sertanejos
não valem tanto para os coletores de garrafa e papel.

Pedaços de câmaras de ar rasgadas cobrem todos,
imediatamente, os burricos ficam presos
aquela súbita intempérie
que tremem os mais diversos corpos
pouco vestidos.

Inconsolados com o fato,
inconformados com o dia,
mas conformados que aquele momento
que será um dos poucos que ocorrerão,
alimentaria o calor que se forma nos corações
que estão juntos e apertados
corpo a corpo
e afinados com o sonho de sonhar,
e amadurece o êxtase do aquecimento
da vida idealizada
e amanhã alcançada.

Mário Gaudêncio (22 e 23 de junho de 2007).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s