Internet

A Rede balança a gente
Interlaça estruturas
Transmuta a mente
e permite novas culturas

Uma Web vista cheia de estações
Carregada de contradições
Maldizeres e felicitações
Mas, entendida como nuvens de informações.

A Net que abraça o povo
Garante profundas mudanças
E favorece o novo

Internet que nos quer menino ou homem
Fora dela não nos socializa, nos toma, capitaliza
Enfim, nos domina, me consome.

Mário Gaudêncio
26 de outubro de 2011, Mossoró-RN
Comemorações da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca da Biblioteca Central Orlando Teixeira (UFERSA).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s