O que podemos aprender em “Raízes do Brasil”?

Por Mário Gaudêncio

image

Que análise podemos fazer do Brasil de hoje sem entender como foi este país ontem? Um boa dica, para começar um possível entendimento é buscar fontes sérias que possibilitaram uma leitura crítica e pautada em im Brasil de muitos rostos e que a duras penas conseguiu se superar em um ambiente de desigualdades ainda mais profundo e consolidar como um Estado tecnicamente democrático. Nas ultimas décadas, muitos direitos foram conquistados, mas que atualmente, grupos conservadores, autoritários e intolerantes, tentam renegar e silenciar todo um processo de luta popular por direitos iguais. A tentativa de retomar modelos arcaicos onde os feudos, capitanias e os senhores de engenho tinham mais poder do que o Estado e influenciavam negativamente o desenvolvimento do país não podem se materializar. Vemos constatemente tentativas de um pequeno grupo tentar burlar as vitórias populares em benefícios pessoais. Por isso, quando reconhecemos o Brasil do Passado, entendemos que este não nos representa mais. Chegamos um outro nível de discussão onde os nossos anseios são outros, onde os nossos sonhos se ampliaram e nossas perspectivas são múltiplas. É momento de fortalecer a pluralidade, de garantir os direitos individuais e coletivos, onde o poder de escolha,  seja ele qual for, seja respeitado. Que as nossas raízes não materializem a dor, mas a alegria, a ternura e o amor mútuo, pois somos uma mistura de muitos povos, somos o hibridismo da mudança, somo a mutação de uma pátria chamada Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s